banner_observaRH.jpg

Español

observatorios.gif

 

pesquisadores.gif

 

pesquisas.gif

 

creditos.gif

 

msnovo.gif

 

opas

Apresentamos repertório com a produção da Rede Observatório de Recursos Humanos em Saúde do Brasil (ObservaRH), com a expectativa de promover o intercâmbio e debate de experiências, contribuições teóricas e metodológicas entre os diversos atores que, tanto no Brasil como em outros países, dedicam-se a esse campo.

 

A Rede Observatório de Recursos Humanos em Saúde é uma iniciativa da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e atualmente congrega 21 países da Região das Américas com a função de monitorar tendências que repercutem nas políticas de recursos humanos em saúde nos respectivos países.

 

A Rede Observatório de Recursos Humanos em Saúde no Brasil (ObservaRH)  é uma iniciativa patrocinada pelo Ministério da Saúde em conjunto com o Programa de Cooperação Técnica da Representação da OPAS/OMS no Brasil e compõe o projeto de âmbito continental da OPAS para os países da Região das Américas.

 

No Brasil a Rede ObservaRH está constituída desde 1999, sob a coordenação nacional da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde (SGTES/MS). Seu propósito é produzir estudos e pesquisas, bem como propiciar o mais amplo acesso a informações e análises sobre a área do trabalho e da educação na saúde no País, com vistas a contribuir para a formulação, o acompanhamento e a avaliação de políticas e projetos na área de Recursos Humanos (Portaria nº 01 de 11 de março de 2004).

 

Iniciou com algumas estações pioneiras e atualmente agrega um conjunto de 21 estações de trabalho, sediadas em Universidades e Secretarias de Saúde. Parte dessas estações de trabalho foi recentemente implantada e dessa forma seus trabalhos em desenvolvimento não constam deste repertório de produtos.

 

Desde o início da sua formação houve a preocupação em tornar pública a produção das estações, com a criação de sítios web próprios. Nestes podem ser acessados trabalhos associados a temas e questões coerentes com sua missão e presentes na pauta dos gestores do Sistema Único de Saúde (SUS) e da Rede Observatório de Recursos Humanos de Saúde nas Américas. O apoio basilar à Rede no Brasil tem sido o Acordo de Cooperação Técnica Ministério da Saúde e OPAS, embora parte das estações desenvolva alguns estudos e atividades docentes em colaboração e parceria com as Universidades e com outras entidades.

 

Este repertório maximiza a difusão dos resultados de trabalho do conjunto das estações da Rede ObservaRH no Brasil, ao organizar e disponibilizar em um mesmo veículo de comunicação os principais produtos obtidos no decorrer da construção e ampliação da Rede, para aquelas atividades desenvolvidas e viabilizadas pelo Acordo de Cooperação Técnica Ministério da Saúde e OPAS. A produção pode ser acessada tanto pela estação de trabalho como pela autoria ou título, conforme o propósito e interesse da busca.